terça-feira, 29 de setembro de 2009

Lagrima de saudade


A lagrima que mais dói não é a que na face corre

A que mais nos corroi é a lagrima disfarçada

Aquela que é sustada, que não pode aparecer

Que morre na garganta,sufoca explode,espanta...

Procura disfarçar... num riso desapontado

Ou num olhar desviado, não podendo soluçar

E aquele que por dentro, num soluço mudo, parece que rompi tudo... em borbotões de soluço,o pranto vai envolvendo

Como é difícil enganar

Não é a lagrima caída que é a mais dolorida

E aquela é engolida, e que por dentro escondida, faz o peito soluçar

Enquanto o riso aflora... o coração é quem chora sem poder demonstrar...Chorão


Um comentário:

  1. LINDA A SUA SENSIBILIDADE!!! VC NÃO ESTÁ NO BARCO SOZINHO!!!

    ResponderExcluir